Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Orobó


Orobó, Estado de Pernambuco


Governo estuda alternativa para fator previdenciário
Fontana disse ainda que o governo trabalha para encontrar uma forma de garantir que o fator previdenciário não seja aplicado para todos os trabalhadores
17/08/2009
Segundo informações da imprensa oficial, o líder do governo na Câmara, deputado Henrique Fontana (PT/RS), disse que o governo começou a negociar uma alternativa para o fator previdenciário e um reajuste maior que a inflação para as aposentadorias e benefícios de quem recebe mais de um salário mínimo. A notícia foi dada após o encontro entre o líder, o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Luiz Dulci, e outros parlamentares. 

Fontana disse ainda que o governo trabalha para encontrar uma forma de garantir que o fator previdenciário não seja aplicado para todos os trabalhadores. Ele explicou que uma das alternativas é que o trabalhador que conseguir somar os anos de contribuição e de idade e atingir o fator 95, no caso dos homens, e 85, no caso das mulheres, terá aposentaria integral. No caso das aposentadorias acima de um salário mínimo, o líder disse que o governo estuda conceder um reajuste maior do que o da inflação, visando a recuperar as perdas dos últimos 15 anos.


Fonte: ANFIP.